Foto

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Ana Rita Conde Dias

Data de nascimento:
7/26/1980

Naturalidade:
Loriga

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Professora universitária, investigadora na área da Psicologia da Justiça e Psicóloga. Iniciei o meu percurso académico na área da psicologia clínica (licenciatura e mestrado), mais focada no âmbito individual. No último ano de mestrado, ingressei numa bolsa de investigação na área da psicologia da justiça (violência contra mulheres e crianças) na Universidade do Minho, que me permitiu estudar e trabalhar no terreno com populações mais “vulneráveis”. Desta experiência resultou a consciência de que qualquer intervenção estritamente individual é limitada, havendo a necessidade de intervir ao nível das condições de vida das pessoas. Assim, conclui o doutoramento na área da psicologia da justiça em 2012, focado na violência na intimidade. Tenho desenvolvido trabalhos de investigação no âmbito da vitimação e prática de avaliação forense com agressores. Deste contacto, quer com vítimas quer com ofensores, adquiri a consciência de que, enquanto investigadora e professora tenho uma responsabilidade acrescida e da qual não me posso demitir: a necessidade de pensar criticamente, considerar e intervir ao nível social e político. Nenhum indivíduo ou problema individual pode ser compreendido sem se considerar o seu contexto – e este contexto inclui as questões sociais e estruturais, decorrente das decisões políticas.

Apresentação da candidatura
E pegando na última frase “Nenhum indivíduo ou problema individual pode ser compreendido sem se considerar o seu contexto – e este contexto inclui as questões sociais e estruturais, decorrente das decisões políticas”, o que motiva a presente candidatura é urgência e a necessidade de agir a este nível. Porque, considerando o retrocesso nas condições de vida e civilizacional a que assistimos em Portugal (principalmente nos últimos 4 anos), é necessário operar mudanças. Assim, a presente candidatura emerge da premência pessoal de participar no processo de mudança, de ser, pensar e fazer diferente.

Áreas de intervenção preferenciais
Trabalho, igualdade e justiça social, educação.

Como pensa interagir com os eleitores?
A proximidade, o contacto no dia-a-dia, compreender as pessoas nos seus contextos, ir ao terreno, perguntar, ouvir. Mais do que explicar, dar-lhes voz.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Braga.
Círculo da Guarda
Círculo de Viseu

No Facebook:
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de Ana Rita Conde