20150527_230953_filipa Serra_LIVRE

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Filipa Inês Cabral Alves de Brito Serra

Data de nascimento:
10/21/1974

Naturalidade:
Angola

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Nascida em Outubro de 1974 em Luanda, vem para Portugal em 1975, com vontade de respirar pela liberdade e democracia. Adoptada por Setúbal, é uma filha de Angola pelo lado da mãe e avó materna, tem raízes portuguesas do norte e do centro de portugal, respectivamente pelo lado do avó materno e do pai. Desde cedo se interessa por política e ainda no 9.º ano participa activamente com a sua irmã contra a prova de acesso à universidade PGA (prova Geral de Acesso). mais tarde foi a sua vez de a fazer e mais uma vez envolveu-se numa luta que acreditava ser justa. Na entrada para a faculdade deparou-se com outra injustiça que o tempo veio mostra que nunca fora uma medida justa: o pagamento de propinas. Envolve-se na luta e junta-se à associação de estudantes da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, onde teve oportunidade de conhecer pessoas empenhadas, inteligentes e verdadeiramente de esquerda, que ainda hoje admira. Terminado o curso de filosofia, ruma ao desemprego e passados uns tempos decide mudar de vida. Começa a trabalhar no hospital de setúbal, passa uns tempos no alentejo na área dos cuidados de saúde primários e regressa à cidade que se tornou sua. Mãe de dois filhos ainda muito pequenos, considera-se uma cidadã participativa e feminista, que defende a liberdade,a família, o pensar como pilares fundamentais da democracia.

Apresentação da candidatura
Da vontade de mudar o mundo sem ser do sofá e de ver um novo partido de esquerda com vontade de agir e de mudar e de governar, nasce o interesse desta candidatura, que pretende ser ela mesma um panfleto de mudança que origine o debate das ideias, para a tomada de medidas concretas na governação. Uma candidatura que pretende não ter apenas bandeiras e propostas vagas, mas antes medidas concretas que possam ser debatidas seriamente no seio do partido e em paridade com os partidos do chamado arco do poder. Eis algumas medidas concretas que esta candidatura gostaria de ver debatidas: 1. Conciliação da vida profissional com a vida familiar: a) horário de trabalho de 35 horas; b) jornada contínua e flexibilidade de horário para ambos os progenitores/pais adoptivos; c) trabalho em part-time (20 horas semanais) remunerado em 75 % nos primeiros 6 anos de vida dos filhos; d) 25 dias úteis de férias. 2. Igualdade de oportunidades: a) licença parental de 365 dias a dividir obrigatoriamente por ambos os progenitores/pais adoptivos paga em 85%; b) Direito a 30 dias de faltas por doenças dos filhos pagas a 85% e a usar obrigatoriamente por ambos os progenitores/pais adoptivos; c) Paridade entre sexos nas empresas e administração publica em lugares de dirigentes;

Áreas de intervenção preferenciais
Família/Igualdade de oportunidades Educação Saúde

Como pensa interagir com os eleitores?
Via redes sociais, e-mail, na rua, em debates abertos por streaming e/ou ao vivo que poderão mesmo ser com outras forças políticas para melhor esclarecimento dos cidadãos e outras vias sem ser a televisão e rádios que na maior parte das vezes não dão oportunidade à pluralidade e a um sério debate de ideias e propostas.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Setúbal
Círculo de Lisboa

No Facebook: Filipa Inês de Brito Serra
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de Filipa Cabral de Brito Serra