Foto

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Júlio Gonzaga Vaz de Medeiros Andrade

Data de nascimento:
8/13/1954

Naturalidade:
Lagoa, S.Miguel, Açores

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Frequentei o MDP/CDE antes do 25 de Abril e pertenci nos anos 80 à direcção do Sindicato de Professores dos Açores. Fui vogal da Comissão Instaladora da Escola Superior de Educação do IPF (actualmente da Universidade do Algarve) e depois Vice-Presidente do Conselho Directivo. Fui Presidente do Conselho Pedagógico, por alguns anos fui Presidente do Conselho Científico da mesma escola e membro eleito da Assembleia Estatutária da Universidade. Sou licenciado em Filosofia e mestre em ensino das Ciências Sociais e doutorando em Política e Administração Educacional. Leccionei no 2º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário e actualmente sou professor da Escola Superior de Educação e Comunicação onde tenho leccionado disciplinas relacionadas com a ética e filosofia da educação, políticas educativas e educação para a cidadania, entre outras.

Apresentação da candidatura
Políticas de esquerda no Estado de direito democrático, social e ambiental 1.A democracia como liberdade de participação política, isto é, como prática da cidadania, entendendo-se por cidadania o poder que as pessoas efectivamente exercem na definição e implementação das políticas públicas e do próprio estatuto de cidadania. 2. A esquerda enquanto aprofundamento das políticas sociais, culturais e ambientais que garantam uma vida consentânea como o nosso tempo e lugar e possibilitem uma efectiva participação cidadã, mas também como o processo contínuo de alargamento (aos ainda não cidadãos) e de aprofundamento do estatuto (direitos e deveres), o que pode significar a necessidade de potenciar outras formas de deliberação democrática. 3. A reconstrução do Estado como elemento aglutinador e efectivador das vontades e como garante da justiça e do direito, nomeadamente na (co)definição e (co)organização das políticas construídas de forma participada e pública e no combate a todas as formas de ilegalidade e de corrupção. 4. Governar é herdar e estabelecer consensos, mas também é negociar quando necessário. Quando os consensos não forem possíveis é possível negociar (trocar) publicamente sem no entanto ultrapassar os limites que devem ser publicamente estabelecidos ou sufragados.

Áreas de intervenção preferenciais
Políticas culturais e da educação/Direitos, liberdades e garantias/Igualdade de oportunidades

Como pensa interagir com os eleitores?
Interacção directa, redes sociais.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Faro
Círculo dos Açores
Círculo de Lisboa

No Facebook: https://www.facebook.com/julio.andrade.965928
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de Júlio Andrade