Fotografia_Manuel Coelho (2)

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Manuel Coelho Carvalho

Data de nascimento:
11/9/1940

Naturalidade:
Coimbra

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Nascido em 1940 – de família camponesa, num meio rural isolado. Vivenciei esse mundo agreste, da dureza das condições dos camponeses, de que fiz parte integrante até à vida militar. Cumpri o serviço militar como soldado em Timor, onde constatei a mentira e o embuste do Portu-gal do Minho a Timor. Inicia-se um processo de tomada de uma vaga consciência política e de encetar um novo percur-so: fazer o ensino liceal – alargar horizontes, recusar a resignação e o fatalismo do modelo salaza-rista. Termino o liceu em Portugal e entro no universo do ensino superior. Faço o curso de medicina como estudante trabalhador em Lisboa. Confronto-me com a turbulência dos Movimentos e Lutas Estudantis – 1968/69. Participo (deslumbrado) e adquiro consciência política. Participo nas campanhas eleitorais de1969 e1973; participo na luta anticolonial e na ação da Capela do Rato – que me leva a Caxias. Nesse ano, presenciei o assassinato do Ribeiro Santos e o que se seguiu, em novas lutas e esperanças. O 25 de Abril – e a construção do Processo Revo-lucionário completa a minha e nossa construção, porque descobrimos o valor e o sentido da luta de mulheres e homens que, antes de nós, lutaram para que os diques desabassem e as torrentes arrastassem os obstáculos. Tive militância partidária (1972/2008). Quero, pois, continuar a pagar o meu tributo por tanto que beneficiei mas, também, pelo muito que ficou por fazer, ou que se está a perder.

Apresentação da candidatura
Terminado o curso de Medicina e o internato no Hospital de Setúbal, decidi exercer a minha profissão em Sines (1974). Como médico de família e médico do trabalho/saúde ocupacional de uma grande empresa, conheci melhor os universos da vida das pessoas, das comunidades, do mundo do trabalho, da condição das mulheres, das relações de trabalho, dos anseios das pessoas, das características e potencialidades do território – da importância e premência da intervenção política a nível local e regional. Como presidente de Câmara, durante 4 mandatos, o último num Movimento de Cidadãos Independentes, consolidei a minha convicção para a necessidade de procurar novos processos de organização e intervenção política, a nível regional e nacional. Com a experiência adquirida, no trabalho e nas lutas, e, perante o quadro atual de degradação dos valores de Abril; da submissão do poder político ao poder económico e financeiro; às estratégias de minar e desarticular o Estado Social – quero intervir, trabalhar, lutar neste novo processo – com o que puder contribuir nas áreas da saúde, educação, políticas locais e regionais, para alcançarmos novos patamares e participarmos no Poder como uma atividade nobre, humanista e progressista.

Áreas de intervenção preferenciais
Saúde; Educação; Política Regional, Ambiente

Como pensa interagir com os eleitores?
Acções de grupo, associações, intervenção nas rádios locais e regionais, contactos de rua. Publicação de textos sobre temas de interesse local e regional.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Setúbal
Círculo de Évora

No Facebook:
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de: Manuel Coelho