DSC_0002

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Filipe Manuel Mercier Vilaça Moura

Data de nascimento:
4/14/1973

Naturalidade:
São Sebastião da Pedreira, Lisboa

Nacionalidade:
Português

Apresentação pessoal

Sou de Lisboa onde nasci há 42 anos. Cresci num ambiente onde a participação cívica foi uma preocupação constante e uma forma de estar, tendo sofrido influências desde cedo da minha mãe sindicalista (para além de professora do ensino primário) e mais tarde rodeado por um grupo de amigos ativistas. Militei no Partido Socialista Revolucionário (PSR) e mais tarde fui simpatizante do Bloco de Esquerda (BE), embora de forma muito menos interventiva. A discussão política esteve e tem estado sempre presente no meu quotidiano. Procuro viver de acordo com os princípios de liberdade, solidariedade e igualdade de oportunidades. Confio no Estado de Direito e nas suas funções enquanto garante destes princípios. Acredito na Administração Pública enquanto principal aparelho para conceber, apoiar, executar, acompanhar e avaliar as políticas públicas do Estado. Atualmente, sou professor no Instituto Superior Técnico na área de transportes, complementado por uma componente importante de energia e ambiente.

Apresentação da candidatura
Depois do afastamento das lides partidárias, foi o estado atual do País assim como as fracas perspectivas de melhoria que me levaram a participar neste movimento e apresentar esta candidatura. Igualmente importante, revejo-me nas suas linhas programáticas e revejo-me na forma inovadora e ousada de fazer política, com um acesso fácil à participação efetiva e consequente (assim o esperemos no que a mim diz respeito). De entre os vários problemas que o País enferma, a área dos transportes está hoje a sofrer alterações estruturais na sua organização depois de duas décadas de fortes investimentos em infraestruturas (sobretudo rodoviárias), nem sempre justificados. Estas alterações podem trazer consequências de desigualdade no acesso ao sistema de transportes, nomeadamente nas deslocações urbanas, mas também nas áreas mais remotas do País (pese embora disponham hoje de uma rede de estradas abundante, obrigam à posse de automóvel individual e à possibilidade de o conduzir – o que nem sempre acontece). Os recentes benefícios fiscais na aquisição de automóveis por famílias “numerosas” são um sinal evidente do incentivo a permanecer no atual paradigma da “automobilidade”, ao arrepio de políticas europeias de transportes que procuram reduzir o consumo energético e os seus impactes ambientais. É no combate às decisões de curto prazo num sistema com consequências necessariamente de longo prazo, que pretendo contribuir. Paralelamente, reforço a minha convicção de que se pode e deve ter uma melhor Administração Pública pois continua a desenvolver muitas das atividades vitais do país. Tem sido o empenho e a competência dos seus trabalhadores que tem garantido esta máquina a funcionar, apesar da falta de reconhecimento pelos atuais governantes e falta de recompensa com consequências pessoais muitas vezes dramáticas. Naquilo que estiver ao meu alcance, procurarei lutar por este pilar da nossa sociedade.

Áreas de intervenção preferenciais
Políticas de Transportes e Mobilidade Urbana, Energia e Ambiente.

Como pensa interagir com os eleitores?
Para além dos meios de comunicação remota (blog e redes sociais), será importante ter um período de atendimento para os cidadãos na AR.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Lisboa

No Facebook:
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de Filipe Vilaça Moura