JoseGigante_FotoPessoal (1)

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
José Manuel dos Santos Gigante

Data de nascimento:
3/19/1952

Naturalidade:
Porto / Paranhos

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Tenho 63 anos e sou arquitecto. Como profissional sou essencialmente isso – um arquitecto, com experiência de projecto e obra desde 1974. Sou também Professor Universitário desde 1981, sendo actualmente professor na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto e também no Curso de Arquitectura da Universidade Lusófona do Porto. Entre 1974 e 1976 integrei a Brigada do SAAL da Zona da Sé (Porto), uma experiência que marcou para sempre o meu modo de olhar a realidade. Nos “tempos livres” sou também poeta (“Zé Gigas, poeta popular”) e “detective” participante na secção Policiário do jornal Público (“Inspector Gigas”). Ou seja, seduzem-me alguns “fait-divers” aparentemente inconsequentes, esse lado B da vida que por vezes nos revela a nossa deliciosa banalidade. A minha experiência política tem sido a de um “livre pensador”, tendo participado activamente em partidos, movimentos e candidaturas situados naquilo que considero a área da esquerda, uma esquerda que, contrariando a habitual retracção partidária, urge unir em torno de consensos abrangentes capazes de vencerem o eficaz pragmatismo da coligação de direita que nos governa.

Apresentação da candidatura
Com a candidatura pretendo dar corpo ao meu apoio expresso ao Livre /Tempo de Avançar, do qual sou subscritor, porque penso que a sobrevivência da nossa tão ultrajada Democracia nos exige que participemos na medida das nossas capacidade e disponibilidade. Em tempos de tanto alheamento e demissão dos cidadãos face ao preocupante desgoverno de Portugal e da própria Europa, é importante e urgente a nossa predisposição para “dar a cara”, no sentido da mudança que de todos depende. E o Livre / Tempo de Avançar evidencia, na sua formação, o propósito de acolher, num debate aberto e sem preconceitos restritivos, as vontades dispersas dos que anseiam por essa mudança.

Áreas de intervenção preferenciais
As minhas áreas preferenciais serão essencialmente as da arquitectura e construção. E, por inerência, a da habitação, entendida de modo abrangente, ou seja, complementada pelos elementos que integram o território onde se enquadra. As áreas do ensino e da cultura são também do meu interesse.

Como pensa interagir com os eleitores?
Penso que que a inter-acção deverá basear-se essencialmente na capacidade de ouvir as pessoas, no sentido da compreender a realidade, resistindo à pré-formação de ideias desinformadas e descontextualizadas. Na consciência de que um deputado é, por definição, um representante dos cidadãos do círculo que o elege e que, por isso, deve tornar operativo o compromisso com os mesmos no quadro da fidelidade às suas próprias convicções.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo do Porto

No Facebook: https://www.facebook.com/josemanuelgigante
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de José Gigante