964256_140792696113017_861495516_o

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:Pedro Mendes Alves

Data de nascimento:
12/20/1983

Naturalidade:
Nossa Senhora da Conceição, Angra do Heroísmo

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Casado, residente em Angra do Heroísmo, Psicólogo enfrentando as dificuldades da precariedade do emprego nas áreas sociais. Tenho uma vasta experiência de serviço social tendo participado em diversos programas de voluntariado na área educacional em Portugal e pelo mundo (Egito, Índia, Croácia, Costa Rica, Nicarágua). Estas experiências tem-me permitido desenvolver uma consciência social muito forte, das questões que a Humanidade enfrenta. Sou um estudante da Teoria da Utilização Progressiva que defende um uso racional e partilhado de todos os recursos disponíveis ao ser humano. Abordo a psicologia como uma ferramenta de desenvolvimento de teorias e prática sociais mais propícias à realização do potencial individual e coletivo da sociedade.

Apresentação da candidatura
Apresento-me como candidato: por não me rever na atual liderança do país: por não me rever na lógica partidária atual; por acreditar que a democracia não se resume apenas ao direito da livre critica, mas sim na participação ativa na criação dos nossos rumos; por acreditar que temos recursos e possibilidades de criar uma sociedade justa e igualitária. As candidaturas civis são o futuro. O futuro pertence a cidadãos que como eu sabem que é possível fazer diferente e que querem fazer diferente. O país não está neste estado por um mero acaso ou por descuido. Nós somos vitimas de estratégias globais do grande capital já muito conhecidas e utilizadas em países chamados de 3º mundo intervencionados pelo FMI. Para que isto mude, e sejamos novamente os donos do nosso país, devemos criar uma nova revolução. Sem armas, sem sangue. Uma revolução de ideias, de pensamentos e sobretudo de atitudes e ações. A corrupção vence-se com ética e transparência. A pobreza vence-se com uma melhor distribuição de riqueza e uma eficiente gestão de recursos. Os caprichos de meia dúzia de capitalistas ávidos de poder não podem governar o mundo inteiro. Somos muitos biliões para nos deixarmos vencer. O povo livre sem interesses ocultos deve erguer-se e ganhar os assentos do parlamento através de ações como esta. Esta é a verdadeira revolução, da cidadania e da tomada de poder pelo povo através da cooperação coordenada. Digo não às maiorias absolutas que são ditaduras com prazo de 4 anos. Digo sim à pluralidade e à maior representatividade no parlamento de todos os grupos sociais que constituem a Sociedade Portuguesa. Quero ser o representante e a voz de todos aqueles que acreditam que é possível um país governado pelo povo esclarecido e informado. Para isso aqui estou, para dar o meu contributo nesta luta pela emancipação dos direitos de todos os seres humanos (portugueses ou não) residentes neste país.

Áreas de intervenção preferenciais
Educação, Arte e Cultura, Igualdade Social, Empreendedorismo e fomento da Economia

Como pensa interagir com os eleitores?
Através de redes sociais e artigos de opinião através de blog pessoal e outras publicações (jornais, etc).

Círculos pelos quais concorre:
Círculo dos Açores

No Facebook: http://www.facebook.com/p.alves83
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de: Pedro Alves