Photo on 18-05-15c

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Luis Paulo Ferreira Valente

Data de nascimento:
4/29/1980

Naturalidade:
Vale de Cambra

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Tenho 35 anos, dois filhos e vivo em união de facto. Nasci em Vale de Cambra, distrito de Aveiro, onde vivi até aos 18 anos. Sou licenciado em Biologia pela Universidade do Porto, pós graduado em Biotecnologia pela Universidade do Minho e doutorado em Bioquímica pela Universidade de Coimbra. Desde 2002 que estou ligado à investigação científica, maioritariamente nas áreas de biologia celular, genética e epigenética. Fiz investigação num instituto em Inglaterra durante 4 anos e o restante tempo em diferentes institutos portugueses, no Porto, Braga, Coimbra e Oeiras. Em 2013 comecei a trabalhar em gestão e politicas científicas, em Lisboa e recentemente numa organização internacional sedeada na Alemanha que promove a investigação nas ciências da vida. Paralelamente estive envolvido na formação da PARSUK, associação de investigadores e estudantes Portugueses no Reino Unido e em iniciativas relacionadas com a divulgação, promoção e emprego científico. Sou membro da Assembleia do LIVRE, sendo esta a primeira vez que sou militante de um partido político.

Apresentação da candidatura
A nossa liberdade coletiva depende da soma das nossas liberdades individuais e das condições que são dadas a cada um para escolher o seu caminho. Não tenho como desejo viver numa sociedade na qual a individualidade se transforma numa mera média aritmética do coletivo. Mas recuso-me a aceitar como banal esta desigualdade que nos desumaniza, que constrói silenciosamente novos muros invisíveis entre uns e outros. Não é por não sermos iguais que não somos livres, a liberdade e o direito à diferença são interdependentes. Mas, por mais paradoxal que pareça, não está garantido o direito à diferença sem maior igualdade no acesso aos direitos mais fundamentais, igualdade que disponibilize a todos os instrumentos que permitam cumprirmo-nos. Não seremos por isso uma sociedade completamente livre sem um sistema nacional de saúde universal e de qualidade. Não seremos livres enquanto houver pobreza infantil. Não o seremos sem um sistema de ensino que olhe para (por) todos, para além das notas e de uma utilidade futura de cada indivíduo. E sobretudo nunca seremos livres enquanto igualarmos a palavra valor à palavra dinheiro. Têm pintado o nosso mundo a preto e branco e aplicado soluções pré concebidas baseadas em observações sem contexto: Estado é ineficiente? Cortam nele, cegamente. Qual é o custo de ter organismos ineficientes e desqualificados? Falta iniciativa privada? Ensinam empreendedorismo desde o berço. Forçam o nosso futuro a acreditar na resposta do modelo virtuoso e único da utilidade, da liderança e do risco. Falta-nos qualificações? Escondem-se no rigor e no regresso às bases e aos exames. Torcem por uma sociedade acrítica que valoriza o útil, incapaz de se transcender ou renovar. Não tenho muitas respostas prontas, o meu mundo não é preto e branco. Mas sei que o caminho que temos trilhado não é aquele que defendo. Nesta candidatura proponho-me a fazer o que melhor sei: procurar respostas. Que sejam racionais e que nos levem a uma sociedade com bem mais liberdade.

Áreas de intervenção preferenciais
Principais: Politicas Científicas. Educação. Outras: Desigualdade. Pobreza infantil.

Como pensa interagir com os eleitores?
Através das redes sociais e presencialmente, com deslocações frequentes a diferentes pontos do país ou através de teleconferência com os eleitores espalhados pelo mundo.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo da Europa
Círculo de Lisboa
Círculo de Aveiro

No Facebook:
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de: Luis Valente