MINOLTA DIGITAL CAMERA

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Fernando José Silva e Nunes da Silva

Data de nascimento:
8/29/1953

Naturalidade:
Lisboa

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Engenheiro civil e urbanista. Professor no Instituto Superior Técnico na área de urbanismo e transportes. Início da vida profissional em Fevereiro de 1974 no INE, onde, após o 25 de Abril foi coordenador da comissão de trabalhadores e trabalhou na Intersindical para a formação do Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública. Consultor de várias câmaras municipais desde 1978. Membro da Assembleia Municipal de Lisboa, eleito pela lista “Esquerdas Unidas por Lisboa”, de 1997 a 2001. Vereador da CM de Lisboa, com o pelouro da Mobilidade, de 2009 a 2013, eleito pelos Cidadãos por Lisboa nas listas do PS. Actualmente é membro da AM de Lisboa, eleito pelos Cidadãos por Lisboa. Participou na fundação de vários movimentos e partidos políticos, tais como o MES e o Bloco de Esquerda.

Apresentação da candidatura
O bloqueio e a degradação em que se encontra a vida político-partidária, de que os sinais mais evidentes são o descrédito dos partidos tradicionais que têm governado o país e a impossibilidade de criar alternativas de esquerda, exige que os cidadãos livres assumam responsabilidades neste campo. É pois Tempo de Avançar com listas próprias ás eleições legislativas para que haja a possibilidade de ter vozes independentes dos interesses económico-financeiros que têm dominado a Assembleia da República e que possam contribuir para um diálogo à esquerda que ultrapasse o simples protesto ou a cedência às posições dominantes na União Europeia e no país. Por outro lado, a reforma das leis eleitorais é uma necessidade fundamental para uma revitalização da democracia, o que só pode ser concretizado através da constituição de um grupo parlamentar que saiba ultrapassar a atual captura dos partidos dominantes pelos interesses privados e de instrumentalização do aparelho de Estado em benefício próprio. Daí também a importância de um efetivo combate à corrupção que hoje perpassa pelo aparelho de Estado ao seu mais alto nível.

Áreas de intervenção preferenciais
Ambiente e ordenamento do território. Transportes e mobilidade urbana. Reforma do sistema eleitoral, nomeadamente ao nível local.

Como pensa interagir com os eleitores?
Para além de abrir um espaço de atendimento na AR e da criação de grupos de trabalho com os cidadãos interessados em debater e propor alterações nos domínios em que possa intervir com mais propriedade, considero importante organizar debates públicos sobre esses temas, à semelhança do que tem vindo a ser feito com os debates temáticos levados a efeito pela AM de Lisboa.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Lisboa
Círculo de Setúbal

No Facebook:
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de Fernando Nunes da Silva