Nivaldo da Silva

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Nivaldo José Chainho da Silva

Data de nascimento:
4/10/1989

Naturalidade:
Grândola

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Sou um Jovem de 26 anos, natural de Grândola, Licenciado em Educação Social, onde já desempenhei funções, em dois projetos de intervenção comunitária em Bairros Sociais vulneráveis (Lisboa e Cascais); fui técnico de AEC – Atividades de enriquecimento curricular, em turmas de 1º ciclo (Grândola); Desempenhei funções técnicas num CAO – centro de atividades ocupacionais, com população portadora de deficiência (Almada); sou ativista dos direitos LGBT e direitos dos imigrantes; sou voluntário num Lar de Idosos, onde realizo um projeto de animação social e frequento um Curso de Empreendedorismo Social. Considero-me um profissional pró-ativo, fui militante do PS, fiz parte de um movimento Independente nas eleições autárquicas e sou apoiante do LIVRE desde o congresso fundador.

Apresentação da candidatura
Existe momentos na vida que nos fazem seguir em frente, e nos mostram uma oportunidade de Avançar. A partir do momento em que participei no LIVRE/Tempo de Avançar, logo senti a oportunidade de poder-fazer. Esta candidatura tem como objetivo combater a precariedade no mercado laboral, que se tem deteriorado, repensar as questões do elevado número de desempregados, a desorganização estrutural dos gabinetes de apoio e os cortes nos subsídios. Todas as questões relacionadas com pessoas portadores de deficiências devem ser colocadas na mesa, infelizmente no nosso distrito a cada dia que passa existe um aumento das listas de espera nas Instituições e menos apoios para estas famílias. A austeridade veio piorar a situação social de famílias mais vulneráveis é necessário olhar para estes indicadores de forma séria e não de uma mera forma assistencialista. A crise deixou órfãos o nosso património e cultura, algo imprescindível para o desenvolvimento de qualquer sociedade, há que apostar nestes sectores, com intuito de preserva-los para usufruto das populações e do turismo. O distrito está repartido em várias realidades económicas e sociais, o que perfaz que seja um distrito a dois contrastes, entre a Península de Setúbal e o Litoral Alentejano, este contraste têm trazido imensos problemas para ambas as regiões. Não posso deixar de abordar, a degradação do sistema de Saúde distrital, e a péssima forma como tem sido tratados os técnicos de saúde e os utentes. Por último, há que ressalvar a degradação das acessibilidades das vias rodoviárias e ferroviárias, onde tem sido um entrave ao desenvolvimento e á circulação das populações. Candidato-me a este círculo eleitoral para não ficar de braços cruzados, pois não quero que o nosso distrito e o nosso país, fique num marasmo sem volta a dar. Acredito que tudo pode melhorar e que eu posso dar o meu máximo contributo, o nosso distrito tem demasiado potencial para ficar parado e esquecido.

Áreas de intervenção preferenciais
Questões relacionadas com o Litoral Alentejano/Península de Setúbal, Mercado de Trabalho, Segurança Social, Reinserção e inclusão social,Intervenção Comunitária, Área de Educação Especial, Saúde, Cultura e Patrimônio.

Como pensa interagir com os eleitores?
Penso interagir com os eleitores através das várias associações e organizações da sociedade civil, ações de rua, redes sociais e iniciativas sociais (Conferências/Reuniões).

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Setúbal

No Facebook: https://www.facebook.com/nivaldoilva
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de: Nivaldo da Silva