Miguel_Won

Partilhe esta candidatura nas redes sociais

Nome completo:
Miguel Daiyen Carvalho Won

Data de nascimento:
12/12/1982

Naturalidade:
Caramulo

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Sou natural do Caramulo, concelho de Tondela, e estudei na Universidade de Coimbra onde realizei a minha licenciatura, mestrado e doutoramento (em conjunto com a Universidade de Southampton, Reino Unido), na especialidade de Física de Partículas. Presentemente, sou investigador em regime pós-doutoramento no Instituto de Gulbenkian de Ciência, Oeiras, onde atualmente estudo métodos de previsão do surto sazonal de gripe em Portugal. Além das Ciências Naturais também tenho interesse pela área de Economia, em particular pelo sector empresarial. Este interesse resulta da minha participação numa micro sociedade familiar que opera no sector alimentar, onde tenho assumido responsabilidades de gestão de projetos. No campo político sou membro do partido LIVRE, e pertenço ao órgão do Conselho de Jurisdição, sendo o respectivo Presidente. É no LIVRE que se inicia a minha primeira participação política activa.

Apresentação da candidatura
No que diz respeito à economia portuguesa, é o sector das PME que mais tem sofrido com as políticas recessivas implementadas pelo actual governo. Devido à “recessão induzida”, as PMEs viram-se confrontadas com uma forte quebra da procura, o que consequentemente levou milhares de empresas à falência. Os números dos últimos anos são devastadores: entre 2008 e 2013 houve um saldo negativo de 179 mil empresas e uma perda de 570 mil postos de trabalho (INE). É urgente inverter este ciclo de destruição e criar em Portugal condições favoráveis ao crescimento e investimento. A dinamização de todo um sector económico não é certamente uma tarefa fácil. Esta revitalização terá de ser implementada simultaneamente  em várias frentes, pois tanto o investimento, a procura, a competividade e a produtividade são interdependentes. Desta forma, esta dinamização terá de passar pelo fomento de sectores como o financiamento/modernização, o consumo, a densificação das relações comerciais, a formação, a redução dos custos energéticos e as políticas de emprego. Algumas medidas que defendo: Criação de um programa de simplificação das candidaturas aos fundos estruturais; Criação de formas de financiamento alternativas, como por exemplo fundos de pequenos aforradores. Fomento da procura interna, principal mercado das PME, através de um aumento gradual do nível médio salarial, criando simultaneamente uma “pressão positiva” na produtividade das empresas; Fomento das relações comerciais, em particular nos sectores com baixas incorporações de produção nacional, de forma a promover uma internacionalização mais capacitada e distribuída; Aposta na formação dos quadros de gestão das empresas; Promover mobilidade interna através de uma revisão das taxas de portagens para veículos profissionais. É tempo de reconhecer que a austeridade falhou, e avançar com políticas públicas que fomentem a recuperação do principal sector produtivo e empregador da economia portuguesa.

Áreas de intervenção preferenciais
Economia: Política industrial, Micro, Pequenas e Médias Empresas, Desenvolvimento Regional, Inovação Empresarial Ciência: Políticas de gestão de ciência e de formação avançada

Como pensa interagir com os eleitores?
Através da organização de encontros, debates e criação de um espaço online que informe sobre o meu trabalho em curso, bem como as respectivas conclusões e intenção de voto.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Lisboa
Círculo de Viseu
Círculo de Coimbra

No Facebook:
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de: Miguel Won