candidatura

PARTILHE ESTA CANDIDATURA NAS REDES SOCIAIS

Nome completo:
Cláudio Sérgio Cardelho da Silva Monteiro

Data de nascimento:
4/18/1975

Naturalidade:
Porto

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Natural do Porto, 40 anos, solteiro, com um filho de 19 anos. Tendo sido pai aos 20 anos, cedo comecei a trabalhar. Fui escriturário, e mais tarde empresário em nome individual numa empresa do ramo automóvel. Nesse período fiz formação em programação web e sistemas informáticos, e estagiei como técnico de informática. Trabalhei em Munique, Alemanha, Corunha, Burgos, e Venlo, na Holanda. Atualmente estou no 2º ano da licenciatura de direito e a frequentar um curso de sistemas solares térmicos. Sou sócio da Associação de Surdos do Porto e faço formação em Língua Gestual Portuguesa porque sou surdo do ouvido esquerdo, e no direito tenho perda acentuada de audição, mas nada que impeça de lutar pelo futuro dos nossos filhos e desejar deixar um legado positivo, baseado nos princípios da candidatura cidadã.

Apresentação da candidatura
Atualmente sou o coordenador do GCL Livre no Porto. Nunca estive ligado a nenhum partido, tendo iniciado a minha participação cívica e democrática com o aparecimento do Livre, pois revi-me nos seus princípios e nas suas linhas orientadoras, processo que culminou agora, no Tempo de Avançar e na candidatura cidadã. Abracei o projeto ao qual me candidato, pois considero que os Portugueses estão reféns de uma politica corrupta, e ultraliberal que com a ajuda de banqueiros sem escrúpulos levaram à ruína muitas famílias portuguesas, obrigando a um êxodo massivo da população para o estrangeiro, e ao enriquecimento de uma minoria privilegiada, com o consequente empobrecimento do resto da população. Uma politica que levou a uma má distribuição da riqueza, e que potencia desigualdades. Não me considero político, e nem acho que só os políticos devam fazer política. Por isso, na Assembleia da Republica, irei lutar e defender os princípios que regem a candidatura cidadã, Liberdade, Esquerda, Europa e Ecologia, pois sempre vivi em democracia e assim pretendo continuar a viver, não a sobreviver, como atualmente acontece.

Áreas de intervenção preferenciais
Direitos Humanos, dentro das desigualdades sociais. Proteção aos mais desfavorecidos, pessoas com deficiências, pobres, sem abrigo, pessoas em exclusão social, toxicodependentes. Erradicar a pobreza é possível, pois o impossível é apenas uma questão de opinião. Pelo direito à habitação. Por um rendimento básico que alcance o verdadeiro estado social que todos nós desejamos. Ensino: Por uma formação académica de qualidade e gratuita, onde os jovens possam garantir o futuro, e os adultos possam estudar para melhorar os seus conhecimentos e aptidões. Por um ensino médio com noções de direito, para que todos os cidadãos conheçam os seus direitos e deveres, e para que possam exercer plenamente as suas liberdades e garantias civis. Saúde: Pelo direito dos animais de estimação a ter um sistema nacional de saúde. Já sendo crime os maus tratos a animais falta criar infraestruturas que sigam e elevem a qualidade de vida dos animais sem penalizar quem deles cuida como família. Contra as touradas e contra o uso de animais para experiências cientificas. Legalização: Numa altura crucial de mudança generalizada de pensamento mundial, e depois do fracasso contundente de décadas de politicas falhadas no combate a uma planta que não faz mais mal que o tabaco e o álcool, chegou a hora da regulamentação, taxação e o consequente fim dos traficantes que com o fim da proibição vêem os seus lucros astronómicos reverterem finalmente para a sociedade.

Como pensa interagir com os eleitores?
Numa primeira fase, através das plataformas sociais já existentes. Depois, e aproveitando as ideias do Tempo de Avançar, abrindo uma plataforma especializada em propostas e questões dos cidadãos. Com inquéritos on-line e referendos sobre emendas ou projetos de lei iniciados pelos deputados. Promovendo encontros e debates presenciais e reuniões semanais, tanto na Assembleia da República como fora, indo ao encontro dos cidadãos e conhecendo de perto os problemas analisados.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo do Porto
Círculo de Faro
Círculo de Viseu

No Facebook: https://www.facebook.com/sergio.cardelho
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Proponentes de Sérgio Monteiro