Carlos Cordeiro

Área programática: Trabalho, proteção e segurança social
sustentabilidade da segurança social
Uma que que gostava de ver no programa era sobre a segurança social. A proposta do PS em descer as contribuições, é mais do mesmo. É preciso fazer alterações de fundo porque o modelo actual já não corresponde esta desactualizado. Assim considero que uma solução duradora passa pela alteração da base das contribuições das entidades patronais que devia ter por base o valor acrecentado gerado na empresa. O sistema em vigor prejudica as PME, cuja informatização é muito inferior às grandes que geram menor emprego, relativamente aos seus proveitos.

Área programática: Políticas redistributivas
impostos
Uma das propostas do PS é de um aumento do IMI para as segundas habitações, o que aparentemente seria uma medida. Mas será mesmo? Ou está-se mais uma vez a tapar o sol com a peneira? De facto, num País que tem mais 500 mil habitações que não pagam um cêntimo de IMI, parece brincar com coisas sérias cobrar mais a quem já paga o imposto e deixar de fora os, onde estão incluídos os ex-donos disto tudo que nunca param e continuam a não pagar. Outra questão é sobre o IRS, que no mínimo deveria repor os anteriores oito escalões que estes lacais do grande capital reduziram para cinco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *