José Tiago Ventura Cristóvão

Área programática: Cultura
Conteúdo televisivo, cinematográfico, etc.
Exigir aos canais de televisão, cinemas, etc., que pelo menos 30% dos seus conteúdos seja portuguesa e outros 30% sejam de países que não os EUA, descontando para o cumprimento destas quotas programas como talk shows, reality shows, galas, noticiários e futebol, exceto claro em canais que se dediquem a este tipo de conteúdos, de forma a promover-se a Área programática: Cultura portuguesa e a criatividade, e diversificar a programação estrangeira para além dos conteúdos americanos.

Área programática: Cultura
Dobragem
Exigir que todos os conteúdos estrangeiros que passem em Portugal sejam dobrados em português e proíbir a legendagem (exceto claro para surdos e mudos), de forma a promover a língua portuguesa (que é efetivamente subalternizada com a legendagem) e uma parte descurada mas importante de uma Área programática: Cultura nacional que é a tradução por dobragem, pôr em pé de igualdade os conteúdos portugueses com os estrangeiros (pois a legendagem nos desabitua de ver conteúdos falados em português) e pôr fim aos efeitos da política de António Ferro adotada em 1948, que prejudicou em vez de proteger os conteúdos portugueses.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *