Rute Marques

Área programática: Educação
Manuais
O Ministério da Educação está a servir de escoamento dos produtos das editoras e dos autores. As escolas estão a ser os seus franchisados. É necessário limitar o número de manuais por disciplina e não sobrecarregar os orçamentos dos encarregados de educação com a aquisição de livros extra, porque existe a possibilidade de serem abordados em eventuais exames. Os alunos tem uma sobrecarga de trabalhos inadequados às idades e desnecessários. Massificam-se os conteúdos e dispersa-se do que é essencial. Os manuais devem ter um período de validade mínima de dois anos e máxima de 4 anos. Devem ser fornecidos pelas escolas e os alunos obrigados a preservá-los e devolver em boas condições, sob obrigação de pagamento caso não aconteça.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *