André Cabrita

Área programática: Políticas redistributivas
Inequalidade
Inequalidade é a base de grande parte dos problemas de qualquer sociedade. O ordenado mais elevado (ajudas de custo e outros modos encapotados de remuneração incluídos) ser no máximo 10x superior ao mais baixo, tanto no público como no privado, equilibraria a balança ao mesmo tempo que permite escalonamento de remuneração de acordo com função e responsabilidade.

Área programática: Trabalho, proteção e segurança social
Pensões e Reformas
A forma actual do sistema de reformas é insustentável e será-o ainda mais à medida que a população activa for ficando mais reduzida e o numero de idosos aumente. Por isso, seria sensato que se mantivesse a forma de descontar para a segurança social, mas as reformas fossem um valor que permitisse viver dignamente, sem os exageros actuais. Assim, consoante os descontos efectuados, os reformados receberiam entre 2x o IAS e 5x o IAS. Cada cidadão naturalmente é livre de investir em P.P.R.’s de forma a aumentar os seus rendimentos no fim da sua carreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *