António Pedro Dores

Área programática: Políticas redistributivas
Erradicar a miséria com um Rendimento Básico Incondicional
Estudar formas de aplicação do rendimento básico incondicional a toda a população. Por exemplo, começar por generalizar prestações mais urgentes, como as que podem imediatamente abolir mais miséria – nos grupos etários mais velhos e mais novos, e nas famílias monoparentais e com muitos filhos. Substituindo sistemas de apoio complicados, burocráticos e disfuncionais por regimes de acesso universal. Até que a aprendizagem desses processos permitam compreender como generalizar a toda a população um rendimento básico incondicional.

Utah é um estado norte-americano que decidiu acabar com os sem-abrigo, oferecendo a cada um uma habitação condigna. Feitas as contas, entre as despesas nas urgências dos hospitais, processos judiciais e prisões, os gastos com dar uma habitação são menores e os resultados de integração das pessoas na sociedade asseguram ainda mais serviços e rendimentos para todos. http://www.nationofchange.org/utah-ending-homelessness-giving-people-homes-1390056183 Esta experiência mostra como as pessoas em dificuldades, quando são tratadas como membros da sociedade tornam-se colaborativas e passam a integrar os esforços colectivos para se viver melhor, em vez de serem o fardo que eram para os serviços sociais e para os serviços da ordem. O princípio geral que aqui se prefigura não pode ser ignorado. A sociedade deve ter a inteligência de aceitar a obrigação moral e as vantagens prática objectiva de abolir a miséria, estudando formas de aplicação do rendimento básico incondicional a toda a população.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *