Samuel Francisco

Área programática: ciência e tecnologia
Modelo e políticas cientificas
Na minha opinião o medo implementado para na ciência portuguesa não é equitativo, transparente e está mal estruturado. É necessário apresentar propostas concretas que introduzam mais transparência, imparcialidade e que acima de tudo permitam a entrada de novos investigadores no sistema, sem prejuízo dos atuais. Julgo ser importante constituir um grupo de trabalho que abrace este tema e apresente propostas concretas de melhoria. Quando falo em modelo da ciência refiro-me no geral ao funcionamento da ciência no nosso pais. Desde concursos de bolsas até aos concurso de projetos, passando pelo financiamento dos centros e etc. A solução passa por construir um grupo de trabalho transversal a todas a áreas da ciência, coeso, com diferentes conhecimentos e empenhado em apresentar uma ou mais propostas de modelos.

Área programática: Trabalho, proteção e segurança social
IPSS
É necessário mais e melhores compromisso com as IPSS. São estas instituições que estão a zelar pelo estado social dos mais pobres e indefesos e os apoios estatais são muitas vezes insuficientes e tardios. Soluções, redirecionar os apoios, estabelecer novas cooperações e protocolos, bem como assegurar o pagamento das verbas atempadamente.

Área programática: Construção de propostas de âmbito local
Poder local
O poder local é muitas vezes muito curioso e interessante. Há uma necessidade enorme de fazer uma reforma concreta e profunda ao poder local. Os seus intervenientes não nutrem qualquer amistosidade para fazer uma reforma deste gênero. Contudo é urgente mudar as políticas de poder local, mudar a forma de financiamento e funcionamento. Aumentar a autonomia e ao mesmo tempo impedir o endividamento excessivo principalmente quando este é para “suportar” obras megalômanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *