Paulo Miguel Fonseca Santos

Área programática: Saúde
Degradação dos Serviços de Saúde e do SNS
O acesso aos cuidados de saúde, para a grande maioria dos cidadãos hoje em dia, encontra-se no meu ponto de vista dificultado; Aumentaram-se as taxas moderadoras para valores incomportáveis, para a maioria dos Portugueses, nomeadamente no acesso ao Serviço de Urgência, Consultas e Meios Complementares de Diagnóstico; na minha opinião deveriam reduzir-se estas taxas moderadoras para cerca de metade do valor atual, tornando assim mais justo e menos oneroso o seu acesso. Os Profissionais de Saúde que eram um Pilar do SNS, foram esquecidos, não foram ouvidos e foram sobrecarregados com trabalho com a passagem das 35h para as 40h sem acréscimo remuneratório, uma desvalorização de cerca de 15% do seu ordenado, entre outras, o que levou a que houvesse uma desmotivação geral, logo uma diminuição da produtividade e da qualidade global dos cuidados de saúde prestados aos utentes.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *