Jaime Crespo

Área programática: Educação
jardim-de-infância, escolaridade obrigatória, idade escolar, apoios educativos
alargamento da escolaridade obrigatória, universal e gratuita a dois anos de jardim-de-infância, crianças com 5 e 6 anos de idade, assim, as crianças frequentariam o jardim-de-infância, obrigatoriamente e de forma tendencialmente gratuita, responsabilizando-se o governo de criar jardins-de-infância por todo o país, em número suficiente a não deixar nenhuma criança excluída como acontece hoje. aos 7 anos as crianças iniciarão o 1º ceb. manter e alargar a política de ensino integrado

esta medida justifica-se não só pelos estudos e pareceres científicos que mostram que as crianças com a frequência de jardim-de-infância estão na sua maioria mais predispostas, motivadas e preparadas para iniciarem as aprendizagens no 1º ceb, mas será também uma medida de combate e redução das desigualdades quer de acesso ao ensino quer de oportunidades. estas idades porquê? porque dois anos é o tempo indicado pela maioria dos especialistas para que as crianças realizem as aprendizagens pré-escolares. entrada mo 1º ceb porue é esta a idade considerada ideal por especialistas e por professores da área, devido ao desenvolvimento global da criança (físico, mental, emocional,etc). estas idades é claro que admitem excepções desde que fundamentadas com os pareceres de educadores de infância, pediatras, pedopsiquiatras, psicólogos da educação,etc. aqueles que se achem necessários para fundamentar a decisão. mas dotar as escolas dos meios físicos e humanos necessários a prestar os cuidados necessários e a acompanhamento dos alunos com necessidades educativas especiais.isto levará a uma revisão total do sistema de ensino vigente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *